7 palavras proféticas sobre o fim dos tempos que você precisa conhecer

Foto

Terrorismo, guerras, desastres naturais, perversões pecaminosas, entre outros sinais ascendem um alerta em quem conhece as Escrituras e sabe que tais acontecimentos são, segundo a Bíblia, sinais do início do fim.

Porém, ninguém pode afirmar quando esse fim chegará, pois apenas Deus sabe esse dia.

Por isso, a escritora norte-americana Debbie McDaniel resolveu listar sete palavras proféticas sobre o fim dos tempos para que os cristãos fiquem atentos quanto a este grande acontecimento.

1- Surgirão falsos profetas e falsos cristos:

Em Marcos 13:6-36 a Bíblia alerta sobre o surgimento de falsos profetas.

A escritora prefere dizer que a Palavra de Deus nos adverte que teremos decepções com aqueles que professam a Cristo.

“Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.” Marcos 13:6

“Porque se levantarão falsos cristos, e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganarem, se for possível, até os escolhidos.” Marcos 13:22.

2- Haverá guerras, rumores de guerras, fome, terremotos e desastres naturais:

Marcos 13:7 e 8 diz que nos dias finais ouviríamos falar de guerras e rumores de guerras.

Ainda que o mundo já tenha passado por duas grandes guerras mundiais, todo conflito armado que é divulgado na imprensa nos faz lembrar dessa profecia dada por Jesus e escrita também em Mateus 24:6 a 8.

O mesmo acontece com anúncios de terremotos e outros desastres naturais.

Porque se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes e tribulações. Estas coisas são os princípios das dores.

Marcos 13:8.

3- Os crentes serão perseguidos, odiados e mortos, e o evangelho será pregado a todas as nações:

Cresce o número de perseguições a cristãos, não apenas em países árabes, como em países comunistas.

Mas até mesmo em grandes democracias, como os Estados Unidos e o Brasil vemos que ser cristão está cada vez mais difícil e que há uma grande tentativa de fazer os cristãos se calarem.

Em contrapartida, o Evangelho é espalhado por toda a Terra. Marcos 13: 9-13 e Mateus 24: 9-11.

“Mas olhai por vós mesmos, porque vos entregarão aos concílios e às sinagogas; e sereis açoitados, e sereis apresentados perante presidentes e reis, por amor de mim, para lhes servir de testemunho.

Mas importa que o evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações.”

Marcos 13:9,10.

4- Haverá um aumento na perversidade neste mundo, e muitos se afastarão de Deus: 

A escritora entende que esse será um dos pontos mais difíceis para que os cristãos permaneçam fiéis. “Mas podemos confiar que Deus nos sustentará e nos ajudará a permanecermos em Seu amor, enquanto o resto do mundo aumenta em maldade”, disse ela citando Mateus: 12 e 13.

“E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.”  Mateus 24:12.

5- Os tempos serão muito difíceis e angustiantes para todos:

Algumas versões da Bíblia trazem a tradução de “dificuldades inigualáveis”, outras de “abominação de assolamento”, mas de fato Jesus previa tempos difíceis e angustiantes. Leia em Marcos 13: 16-18 ou Mateus 24: 15-22

“Nós sabemos sem dúvida que Ele está se movendo em todas as nações e que Ele virá novamente, assim como Sua palavra diz”, continua McDaniel. “Para os cristãos, sua segunda vinda é uma coisa muito boa”, completa.

6- Ninguém saberá o dia ou a hora do retorno de Cristo:

Por mais que os sinas estejam nos nossos olhos, ninguém pode afirmar quando Jesus Cristo voltará. “Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.” Mateus 24:36

“Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite.” 1 Tessalonicenses 5:2.

7- Sinais nos céus, nos mares e corpos celestes serão abalados:

“Ora, naqueles dias, depois daquela aflição, o sol se escurecerá, e a lua não dará a sua luz. E as estrelas cairão do céu, e as forças que estão nos céus serão abaladas.

E então verão vir o Filho do homem nas nuvens, com grande poder e glória.” Marcos 13:24-26

Debbie McDaniel cita também os versículos de Lucas 21: 25-28 e 1 Coríntios 15:52. 

 

 

 

 

Fonte> JNNOTÍCIAS