Após 6 anos, Lemann perde o posto de homem mais rico do Brasil para Safra

Foto

Considerada o homem mais rico do Brasil pelos últimos seis anos, Jorge Paulo Lemann perdeu o posto no início de 2019.

A revista Forbes, responsável pelo levantamento, publicou, nesta quinta-feira 28, que Lemann no momento acumula 22,4 bilhões de reais e foi ultrapassado por Joseph Safra, proprietário do Banco Safra, que hoje é considerado o banqueiro mais rico do mundo, com 25,2 bilhões de reais.

De acordo com o ranking, Lemann perdeu 5 bilhões de dólares entre a data de hoje e março de 2018, quando foi publicada a mais recente lista dos “Maiores Bilionários do Mundo”.

Os sócios do empresário também despencaram no levantamento: Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira hoje possuem, respectivamente, fortunas de 9,6 bilhões e 8,5 bilhões de dólares (em março do último ano os totais eram 14 bilhões e 12 bilhões de dólares).

Os três são sócios-fundadores da 3G Capital, fundo envolvido no controle de gigantes como Inbev e Burger King.

Desde 2016, a fortuna de Lemann vinha aumentando continuamente de acordo com a Forbes, com um acúmulo de 8 bilhões de dólares no período até março de 2018 – quando chegou a 27,4 bilhões de reais.

No último ano, a revista contabilizou 42 bilionários brasileiros, com Lemann então no posto de 29ª pessoa mais rica do mundo.

 

 

 

 

Fonte> Veja.com