Crise econômica não impede governo de gastar em talheres de prata para cozinhas

Foto

Alheio à crise econômica que o Brasil enfrenta, o governo federal irá gastar mais de R$ 215 mil em itens de prata para as cozinhas presidenciais.

De acordo com a coluna de Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo. Para serem utilizados no Palácio do Planalto e nas residências oficiais do Palácio da Alvorada e da Granja do Torto, o dinheiro será gasto na compra de itens de prata como 22 “réchauds” (recipientes para manter a comida quente) orçados em mais de R$ 4.300 cada um, dez colheres de servir ao custo individual de R$ 303 e cinco espátulas para bolos com preço unitário calculado em R$ 1.166.

 

Fonte: Super98fm.com