Delegado diz ter recebido “revelação de Deus” para solucionar caso de templo satânico

Foto

Nos últimos dias, o caso das crianças esquartejadas em um templo satânico no Rio Grande do Sul vem atraindo a constante atenção dos órgãos de comunicação.

Durante uma entrevista ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, o delegado Moacir Fermino, responsável pelas investigações da Operação Revelação, fez afirmações surpreendentes sobre como solucionou o caso. 

Identificando-se como um “servo de Deus”, o delegado evangélico declarou que profetas teriam lhe indicado os caminhos para a investigação, mostrando até quem ele deveria ouvir.

As duas crianças mortas no ritual foram encontradas esquartejadas em setembro de 2017, na cidade de Novo Hamburgo.

Durante meses o caso não teve avanços significativos, mas nos últimos dias foi solucionado e resultou na prisão de quatro pessoas, e o indiciamento de outros três, que estão foragidos.

À rádio, Firmino disse que teve “revelação de Deus”, por isso batizou assim a operação da polícia.

– Essa pessoa que passou é profeta de Deus e estava comigo no carro e disse: ‘Deus tem uma revelação para ti’… Quando cheguei à delegacia e desci do carro, um outro profeta de Deus me ligou. Ele disse: ‘Delegado Fermino.

Vem aqui que tenho tudo para te passar dessas crianças que foram encontradas’… Aí eu fui lá e anotei em um caderno.

Foram passadas várias testemunhas e pessoas que dariam informações. Fomos atrás dos indícios — explica o delegado.

 

 

 

Fonte> Gospel Prime