Deputado tucano faz representação contra o PT por apologia ao crime

Foto

O deputado Wherles Rocha (PSDB-AC), enviou uma representação à Procuradoria-Geral da República dizendo que o PT, em seu último congresso da juventude, fez apologia ao crime e ainda usou dinheiro público para tal, financiando o evento com recursos do fundo partidário.

Bandeira do PT

Segundo ele, os cartazes dizendo que José Dirceu, Delúbio Soares, José Genoino, entre outros condenados do mensalão, são “guerreiros do povo brasileiro”, configuram crime.

O artigo 287 do Código Penal diz que é passível de detenção de três a seis meses quem faz, publicamente, “apologia de fato criminoso ou de autor de crime”.

Por isso, o deputado pede que um inquérito seja aberto contra integrantes do partido e que recursos do fundo partidário sejam suspensos para a sigla.

Fonte: Veja.com