Eunápolis: Falta de serviços na Saúde faz gestante perder trigêmeos

Foto

A jovem Dilma Santos que aguardava ansiosamente pela chegada dos seus trigêmeos teve o sonho bruscamente interrompido. 
1) Dilma passou por várias complicações em sua gestação gemelar, onde foi atestado em seu acompanhamento pré-natal que a paciente necessitaria de UTI NEONATAL para realizar o parto seguro das crianças, que possivelmente nasceriam prematuras.
2) Durante os sete meses que em esteve gestante, Dilma necessitou realizar um acompanhamento mais detalhado em Salvador, Capital Baiana, pois, o Hospital Regional de Eunápolis não possui o recurso de UTI NEONATAL, e que e a mais próxima está situada em Porto Seguro BA, porém, com todos os leitos ocupados. Sendo inviável aventurar uma espera já que a situação da gestante a cada dia se agravava em função da gravidez de trigêmeos. 
3) Na ultima segunda-feira, a paciente que recebeu apoio (via TFD), com as passagens de ônibus si e para o seu esposo que fazia questão de acompanhar a esposa em seu pré-natal. Contudo após a revisão e demais exames realizados na paciente, o profissional médico responsável achou pertinente agendar a data do parto para as próximas semanas. 
4) Na terça-feira, após a consulta, Dilma e seu esposo Edilson Alves estavam aguardando o ônibus que os trariam de volta para a cidade de Eunápolis, no entanto, a gestante começou a sentir-se mal, e pediu para tomar um banho, ali mesmo na rodoviária. :O pânico começou quando funcionários da Rodoviária começaram a gritar por ajuda, pois uma gestante estava passando mal dentro do banheiro. Prontamente, Edilson embarcou a esposa em um taxi e buscaram atendimento médico no Hospital Roberto Santos. 
5) Infelizmente em poucos instantes o pai das crianças recebeu a fatídica noticia de que os bebês haviam falecido que Dilma estava com um coagulo no cérebro e que seu estado é considerado crítico. 
APELO DOS FAMILIARES:
Os familiares do casal estão desesperados, pois, além da morte dos bebês, o pai da criança não possui condições financeiras para realizar o translado das urnas fúnebres, Edilson não possui condições financeiras nem mesmo para manter-se em Salvador, haja vista que os planos iniciais eram apenas de acompanhar a esposa em uma revisão e retornar para casa no dia seguinte.
DILEMA DO ESPOSO:
Vale ressaltar que Dilma ainda encontra-se na UTI em Salvador, e seu estado de saúde é gravíssimo, contudo o corpo das crianças ainda não foram liberados para o enterro em Eunápolis, por estar sozinho, a situação de Edilson se complica ainda mais. 
Infelizmente mais um sonho é interrompido e crianças pagam com a vida pela ausência de UTI NEONATAL EM EUNÁPOLIS.
Fonte> Jornalista Aline Cabral