NOTÍCIAS QUENTES
Capa / Notícias / Ex-prefeito de Itagimirim é acionado pelo MP por ter doado ilegalmente lotes do Município
Ex-prefeito de Itagimirim é acionado pelo MP por ter doado ilegalmente lotes do Município

Ex-prefeito de Itagimirim é acionado pelo MP por ter doado ilegalmente lotes do Município

O Ministério Público estadual ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Itagimirim, Rogério Andrade de Oliveira; o diretor de Tributos do Município, Jadson Souza Santos e Francino Andrade de Oliveira Júnior.

Segundo o promotor de Justiça Helber Luiz Batista, Adidas schoenen eles realizaram doações ilegais de bens imóveis a particulares,

  • Nike Air Max 2017 Dames blauw
  • pertencentes ao patrimônio do Município de Itagimirim, “de forma fraudulenta e com caráter eleitoreiro”. Devin Gardner – Michigan Wolverines

    Os três foram denunciados pelos crimes de falsidade ideológica e associação criminosa.

    Na ação, Rob Gronkowski Jersey o promotor de Justiça registra que Jadson Santos expediu diversas declarações de existência de imóvel, a pedido do então prefeito Rogério para doação no ano em que ele concorria à eleição.

    “Tais documentos eram emitidos com data retroativa a 2014 e 2015,

  • Air Huarache Donna Nere
  • para burlar a legislação que veda a doação de bem imóvel em ano eleitoral”, St. Louis Cardinals Store explica o promotor de Justiça.

    Para ele, “é inadmissível a forma como os acionados utilizaram o patrimônio público, no caso, extensas áreas urbanas pertencentes ao Município de Itagimirim, para loteamento e posterior doação a particulares, sem nenhum critério e sem que houvesse lei autorizativa, com a única finalidade de obter votos de eleitores para Rogério e Francino, candidatos aos cargos de prefeito e vereador, respectivamente”.

    O MP requer que a Justiça determine que os acionados sejam condenados também por ato de improbidade administrativa, Maglie Memphis Grizzlies aplicando-lhes as sanções previstas na Lei nº 8.429, Indiana Pacers incluindo o ressarcimento integral do dano; perda da função pública; suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos; pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida pelo agente; e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais e creditícios, direta ou indiretamente, asics pas cher pelo prazo de três anos.

    Sobre Anaildo Colonia

    Mundo Gospel

    Cerca de 400 mil pessoas se entregam a Jesus durante evangelismo na Ucrânia
    Pastor é sequestrado e queimado vivo com as mãos amarradas na África
    Bruna Karla realiza sonho de fã no Programa da Eliana
    Arqueólogos descobrem “anfiteatro perdido” embaixo do Muro das Lamentações
    Pastor se arrisca evangelizando traficantes do Rio de Janeiro
    História da Igreja Assembleia de Deus Monte Alegre, em Guaratinga-Bahia
    Pastor Valdemiro cria 1ª reality show evangélico da TV brasileira
    Veja se une à Globo na imposição da ideologia de gênero
    Igreja Universal celebrará 14 mil casamentos nos cinco continentes
    Líder muçulmano é ressuscitado por Jesus e se converte no Oriente Médio
    Grupo faz vigília de oração em hospital após tragédia na creche
    Igreja Assembleia de Deus: um grande avivamento na Colônia
    Scroll To Top