Grupo é preso por vender ovos de Páscoa com maconha

A Polícia Civil indiciou quatro pessoas por tráfico e associação para o tráfico de drogas por suspeita de fabricação e distribuição de ovos de chocolate feitos com maconha no Rio Grande do Sul. 

Os envolvidos já tiveram as prisões preventivas decretadas pelo Poder Judiciário.

De acordo com a Denarc, responsável pela ação, os pedidos eram feitos por meio de redes sociais, e o grupo já tinha até uma marca estabelecida no mercado.

Além dos ovos, eram oferecidas trufas e outros produtos para consumidores selecionados, que tinham acesso às postagens.