Homem é demitido ao sugerir filme cristão para colega de trabalho lésbica

Foto

Um americano cristão, que trabalhava em uma fábrica de processamento de metais, foi demitido depois de compartilhar o link de um filme cristão a uma colega de trabalho homossexual. Chris Routson trabalhou na empresa Precision Strip, em Middletown, Ohio (EUA) por 13 anos antes de ser demitido sem rescisão ou indenização.

Desde que Routson se converteu, há quatro anos, ele tem o costume de compartilhar seu amor por Jesus com todos os seus colegas de trabalho, independente de quem sejam. Depois que a empresa contratou uma trabalhadora lésbica, há cerca de um ano, Routson sabia que mais cedo ou mais tarde compartilharia com ela sobre sua fé.

No entanto, Routson não se aproximou da mulher logo após sua contratação. Ele orou para que Deus preparasse uma oportunidade de pregar o Evangelho.