Igreja Universal pagará R$ 40 mil a fiel agredido durante culto no Rio

A 22ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou a Igreja Universal do Reino de Deus a indenizar em  R$ 40 mil um advogado que foi agredido durante um culto na Catedral Mundial da Fé, em Del Castilho, zona norte do Rio.

Conforme a denúncia, o advogado tirava fotos, sem a utilização de flash, durante a oração, quando foi atacado pelo segurança com uma “gravata” e chutes, além de arrastá-lo para fora do templo.

Segundo o advogado, sua camisa foi rasgada durante a agressão, além de terem retirado o filme de sua máquina.

A entidade argumentou que quem agrediu o homem foi um fiel, não um funcionário.

De acordo com o Conjur, os desembargadores negaram provimento ao recurso interposto pela igreja, contestando a agressão, e parcial provimento ao recurso do autor do processo, que, inicialmente, queria R$ 100 mil de indenização por dano moral.

O relator do processo do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), desembargador Marcelo Lima Buhatem, apontou em seu voto que a Igreja Universal do Reino de Deus não provou que o autor da agressão foi um fiel.

Assim, a igreja responde objetivamente pelo fato. No entanto, ele negou o pedido para aumentar a indenização para R$ 100 mil.

 

 

 

Fonte> Bahia Notícias