Japonês invade escritório, corta pênis de advogado com tesoura de jardinagem e dá descarga

A polícia japonesa prendeu um homem que supostamente teria invadido um escritório de advocacia, cortado o pênis de um homem com uma tesoura de jardim e dado a descarga no órgão em um vaso sanitário. O caso ocorreu na capital do país, Tóquio, de acordo com informações do Daily Mail.

Segundo relatos da mídia local, o estudante de pós-graduação Ikki Kodukai teria cometido o crime como vingança pelo envolvimento romântico da sua esposa com o advogado de 42 anos de idade.

A polícia disse que o jovem espancou o advogado, que não foi identificado, antes de abaixar as calças dele e cortar sua “parte inferior do corpo”.

Fonte: R7.com