Malafaia aposta: “80% do voto evangélico irá para Bolsonaro nestas eleições”

O pré-candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) aparece em primeiro lugar em diversas pesquisas de intenção de voto.

Mesmo assim, parece estar encontrando dificuldades para escolher seu vice.

O nome mais forte é o do senador Magno Malta (PR/ES), mas ele declarou semana passada que prefere a reeleição. Segundo o Estado de São Paulo, o nome de Flávio Rocha passou a ser cogitado.

A “ponte” entre eles seria o pastor Silas Malafaia, que estaria mobilizando a comunidade evangélica em torno dessa candidatura.

O dono da Riachuelo é evangélico, da Sara Nossa Terra, e possui um discurso muito parecido com o capitão: “liberal na economia e conservador nos valores”.

Embora tenha lançado seu nome para concorrer a presidente, ele não está ligado a nenhum partido e o prazo termina em 7 de abril, o que dificultaria o projeto solo.

Embora não seja evangélico, Bolsonaro tem a identificação com o segmento por sua postura abertamente conservadora.

Embora não tenha declarado oficialmente seu apoio ainda, Malafaia apareceu recentemente em fotos na sede da Associação Vitória em Cristo, ao lado de Malta, Bolsonaro e seu filho Flávio, que deve concorrer ao Senado pelo Rio de Janeiro.

“Bolsonaro é o único que defende diretamente a ideologia da direita.

Ele encarna os valores mais caros ao nosso povo na questão dos costumes. Pode anotar, 80% do voto evangélico irá para Bolsonaro nestas eleições”, apostou Malafaia, em entrevista ao jornal O Globo.

 

 

 

 

Fonte> Gospel Prime