Mara Maravilha diz que não se importa se filho for gay

Foto

Mara maravilha

Mara Maravilha está noiva, mas do ator Gabriel Torres, e juntos planejam adotar um menino. Questionada se ela se importaria em ter um filho homossexual, a cantora evangélica afirmou que aceitaria a escolha.

“Quando a gente ama, a gente ama. Hoje o ser humano tendo saúde, já é uma grande graça de Deus. O problema do ser humano é no caráter”, afirma ela em entrevista ao EGO.

Mara já causou revolta na comunidade gay por defender o deputado Marco Feliciano que estava diante de uma grande polêmica ao assumir a Comissão de Direitos Humanos, isso em 2013.

Na época Mara participou do programa “Morning Show” e afirmou que era a favor do projeto chamado pejorativamente de “cura gay” e chegou a se referir ao homossexualismo como “aberração”.

Mas agora o discurso da cantora é outro, tanto é que ela diz que se importa mais com o caráter, do que com a opção sexual e que, por isso, aceitaria ter um filho gay.

“Eu tenho amigos que são gays e que têm um supercaráter, mas tem outros que não têm. O problema não é ser gay ou não, é ter ou não caráter. Aceito toda escolha do meu filho, só não aceito mau-caratismo”, disse ela.

Sobre as declarações polêmicas, Mara afirmou que foi mal interpretada.

“Eu continuo com a mesma opinião. Não acho que seja bacana um casal que seja heterossexual ou homossexual ficar se agarrando em público. Se o que falei foi deturpado, fizeram furdunço… me entenderam mal”, explica ela.

Fonte> Gospel Prime