Menina inventa estupro para esconder que engravidou de padre

Foto

Uma adolescente de 16 anos inventou que tinha sido estuprada para esconder que estava grávida de um padre. Coroinha, a jovem se envolveu com o líder religioso Jocerlei José Tavares, de 44 anos.

A mãe da garota percebeu que a barriga da filha tinha crescido e ela estava com os pés inchados. Ao ser questionada, a menina inventou que foi vítima de estupro. Após ser pressionada, ela contou a história real. A mãe da coroinha denunciou o caso a polícia.

A jovem, a mãe, sua irmã e o padre foram ouvidos. Ele confessou ter feito sexo com a adolescente, mas com o consentimento dela. O religioso buscava a jovem em casa com o carro da igreja e eles iam para o motel. Eles tiveram quatro encontros.

A polícia não registrou ocorrência, já que a menina tem mais de 14 anos e negou que tenha sido forçada a se relacionar com o padre. O religioso foi afastado pela Arquidiocese de Campo Grande.

Fonte: Atarde.com