Noiva esquerdista de Lula fez curso com militares na Escola Superior de Guerra

Foto

A suposta noiva do presidiário Lula, a socióloga Rosângela Silva, conhecida por “Janja”, pode até ser militante de esquerda, mas nem tanto assim.

Funcionária da estatal Itaipu Binacional nomeada no governo do namorado, frequentou durante um ano um curso de pós-graduação da Escola Superior de Guerra (ESG), centro de estudos estratégicos de defesa e segurança sempre execrado pela esquerda.

A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O tema do trabalho de “Janja” na ESG foi “Mulher e poder: equidade de gênero nas Instituições de defesa e Segurança Nacional”.

“Janja” integrou a turma de 99 alunos da ESG em 2011, dos quais 74 eram militares de patente equivalente, na grande maioria, a coronel.

O detalhe é que se funcionário público ou de estatal (Itaipu, no caso) fizer curso da ESG garante gratificação incorporada ao salário.