Pelo menos 100 mil Bíblias são necessárias na China, relata missionário

Foto

Muitos dizem que, hoje em dia, há mais liberdade religiosa na China do que nunca. Porém, enquanto não há liberdade total, não há liberdade para distribuir Bíblias em áreas aprovadas pelo conselho.

Wendell Rovenstine, idealizador da organização missionária Bíblias para a China, relatou a necessidade do país em obter exemplares do livro sagrado. “Existe a necessidade de no mínimo de 100 mil Bíblias nas três áreas que vamos. Dizem que uma das áreas precisa de pelo menos 300 mil Bíblias.”

Esta situação apenas reforça a necessidade de missionários cristãos em algumas partes do país. “Há pessoas vindo sedentas a Cristo. A Igreja na China tem a forte intenção de tocar e alcançar as pessoas para o Senhor que tem estado, por muito tempo, procurando por Deus”, disse Rovenstine.

Rovenstine questionou um cristão chinês sobre o potencial da distribuição de Bíblias. “Quando nós entregamos uma Bíblia a alguém, podemos dizer que ela irá se tornar um novo seguidor de Jesus Cristo?”. Ele respondeu: “Não, ela toca uma família inteira.”

Ore pela China.