Prefeitura de Porto Seguro responsabiliza diretora por não notificar sobre gotejamento em escola

Foto

Após moradores do distrito porto-segurense de Vera Cruz enviarem ao Site um vídeo e fotos que retratam o estado precário que alunos da Escola Municipal Alcides Faustino vêm enfrentando com a falta de estrutura na unidade de ensino, a prefeitura de Porto Seguro, por meio de nota, justificou que “ainda não recebemos notificação oficial dos fatos apontados”.

Ainda em nota,  a prefeitura informa que “é do nosso conhecimento um vídeo que foi enviado dizendo se tratar da escola Neilton Santos.

Em alguns casos, a diretora que gere a verba da comunidade escolar e invariavelmente resolve problemas de manutenção dessa natureza, em outras situações, a diretora solicita a manutenção à Secretaria de Educação.

Em se considerando o período chuvoso dos últimos dias, é passível de acontecer problemas dessa ordem e que serão imediatamente sanados. Ainda no dia de hoje (16/11/2017) a Secretaria Municipal de Educação providenciará a visita na escola Neilton Dantas. Ressaltamos ainda que tal escola está dentro de um cronograma de obras em que receberá completa reforma e/ou ampliação em 2018″.

Através das imagens é possível constatar a ‘esquiva’ dos estudantes para não se molharem em sala de aula. 

Situado no extremo sul da Bahia, o município de Porto Seguro ganhou destaque nacional na semana passada por um fato que superou seus atrativos naturais: a suspeita de fraude na gestão pública.

Alvo da Operação Fraternos, da Polícia Federal, a prefeita Claudia Oliveira (PSD) foi afastada do cargo por supostas irregularidades em contratos de licitação.

 

 

Fonte> Bocãonews