Primeiro culto protestante no Brasil completa 461 anos

Foto

Neste mês de março relembramos a realização do primeiro culto evangélico no Brasil.

O evento aconteceu no dia 10 de março de 1557 na ilha de Villegaignon, no Rio de Janeiro (RJ), completando em 2018 seus 461 anos.

Para melhor compreensão do assunto, vamos voltar ao passado.

Os primeiros seis jesuítas chegaram ao Brasil em 1549. E somente em 1553 chegou o mais conhecido de todos, José de Anchieta.

Dois anos depois, cerca 600 franceses chegaram em solo brasileiro sob a liderança de Nicolas Durand de Villegaignon. Eles fundaram o Forte Coligny na Baía da Guanabara-RJ, dando origem à “França Antártica”.

João Calvino agora entra como participante fundamental na história do Brasil. Nicolas Durand de Villegaignon pediu ao famoso reformador o envio de pastores.

Foi então, que no dia 7 de março de 1557, chegaram dois pastores. Os doi, representando um grupo de huguenotes (protestantes franceses e calvinistas) e refugiados vindos de Genebra.

Entenda a história

Antes da chegada dos pastores, houve uma primeira expedição.

Mas, Villegaignon não teve o cuidado de selecionar os homens que viriam.

Meses após a chegada, alguns expedicionários conspiraram contra o vice-almirante, sendo por este presos e mortos 16 dos conspiradores.

Então, foi requerido uma segunda expedição, com 300 homens e três navios.

Entre os tripulantes dos três navios havia 14 huguenotes, considerados protestantes franceses de renome, cujo chefe era Felipe de Corguilarai. Havia também os dois pastores.

Então, no dia 10 de março de 1557 foi celebrado o primeiro culto protestante no Brasil. Quem dirigiu foi o pastor Pierre Richier, o qual pregou com base em Salmos 27.4.

O Salmo 5 foi entoado. Já a primeira Santa Ceia aconteceu no dia 21 de março do mesmo ano, em rito Genebrino.

Neste mesmo dia, um domingo, eles organizariam a primeira Igreja Evangélica das Américas.

O vice-almirante Villegaignon foi o primeiro a participar do momento da ceia. Este veio a trair a confiança dos protestantes e perseguiu os huguenotes, passando a ser considerado pelos historiadores, por esse ato de traição, como o “’Caim das Américas”.

Mártires da fé

Jean de Bourdel, MathieuVerneuil e Pierre Bourdon, que chegaram ao Brasil na segunda expedição, foram os três primeiros mártires da fé evangélica no Novo Mundo.

Executados em 9 de fevereiro de 1558, uma sexta-feira, por ordem do próprio Villegaignon. Sabe-se que o nome primitivo da atual Ilha de Villegaignon era Serigi ou Serigipe.

Dez anos após a realização do primeiro culto na Guanabara, outro huguenote também pagou com a vida, pelo “crime” de pregar o Evangelho.

No dia 20 de janeiro de 1567, quando se lançavam os fundamentos da cidade do Rio de Janeiro, Jacques le Balleur foi enforcado, por ordem de Mem de Sá, e com a assistência do padre José de Anchieta.

Jacques le Balleur chegou à Guanabara na primeira expedição dos franceses.

 

 

 

Fonte> CPADnews