Professora é agredida por aluno dentro de colégio

Foto

Uma professora foi agredida por um aluno de 15 anos na manhã desta segunda-feira, dentro de um colégio estadual na cidade de Indaial (SC), a 170 quilômetros de Florianópolis. Miami Heat

Marcia Friggi, que dá aulas de Língua Portuguesa e Literatura na Escola Prefeito Germano Brandes Júnior, publicou fotos de seu rosto ensanguentado no Facebook após as agressões e se disse “dilacerada”. Nike Air Max 1 Dames

A delegacia de Polícia Civil da cidade confirmou o caso e informou que um boletim de ocorrência foi registrado.

Segundo Marcia, o agressor estava com o livro sobre as pernas durante a aula e, depois de um pedido dela para que o colocasse sobre a carteira, ele respondeu: “eu coloco o livro onde eu bem quiser”.

Ao ouvir da professora que “as coisas não são assim”, o jovem teria dito “vai se f…” e, então, sido expulso da sala de aula. Justin Tucker Ravens Jerseys “Ele levantou para sair, mas no caminho jogou o livro na minha cabeça. New Balance 1500 męskie Não me feriu, mas poderia”, conta a professora.

Já na direção do colégio, segundo o relato de Marcia Friggi, ela informou o acontecido e foi acusada pelo jovem de mentir.

A professora afirma que as agressões começaram quando ela tentou argumentar, dizendo que “a sala toda viu”. Hogan Outlet “Não deu tempo para mais nada. asics gel noosa tri opinioni Ele, um menino forte de 15 anos, começou a me agredir.

Foi muito rápido, não tive tempo ou possibilidade de defesa. O último soco me jogou na parede”, diz Marcia.

“Estou dilacerada por ter sido agredida fisicamente. Nike Nettbutikk Estou dilacera por saber que não sou a única, talvez não seja a última. goedkoop nike air max 2017 Estou dilacerada por já ter sofrido agressão verbal, por ver meus colegas sofrerem.

Estou dilacerada porque dilacera porque me sinto em desamparo, como estão desamparados todos os professores brasileiros. Estamos, há anos, sendo colocados em condição de desamparo pelos governos.