Sarah Sheeva critica Anitta: “Não sou malandra, sou princesa”

A Pastora Sarah Sheeva decidiu dar uma opinião sobre “Vai malandra” a nova música da cantora Anitta.

Cercado de polêmica, o novo clipe da funkeira é considerado apelativo e mostra muitas mulheres, incluindo a protagonista, com vestimentas mínimas.

Filha de Baby do Brasil e Pepeu Gomes, Sarah já foi cantora, mas ficou famosa por ter criado o “Culto das Princesas”.

Em sua conta no Instagram, a pastora criticou o vídeo e o fato de Anitta mostrar o corpo de forma sensual, em um biquíni feito de fita isolante.

“Não sou malandra, sou princesa. Não sou uma mulher que quer exibir todo meu corpo para todos os homens me cobiçarem, me desejarem sexualmente.

Eu sou uma mulher que entendi que meu corpo é exclusivo para o homem que me escolher, que escolher morrer ao meu lado. O homem que vai ser meu marido”, escreveu.

Explicou ainda sua convicção que “Esse corpo que eu tenho, que eu recebi de Deus, esse presente, é só para esse homem, exclusivamente para ele.

Não é para todos olharem, não é para todos os olhares, para todos sentirem prazer… Eu sou exclusiva, sou princesa.

Não sou malandra, não estou na malandragem, não quero malandragem. Eu quero ser santa, ser exclusiva, ser especial, ser valorosa”.

O clip de “Vai malandra” alcançou 45 milhões de visualizações no Youtube, toca em todas as rádios do país e começa a fazer sucesso até no exterior.

Segundo dados do Spotify, a música está em 20º lugar no ranking de streamings global, mas chegou a ficar em 18º, fazendo com que a funkeira seja a primeira brasileira a alcançar essa marca, cantando em português.

Até agora, a mídia secular é só elogios.

 

 

Fonte> Gospel Prime