Se arrecadação do governo não crescer, Bolsa Família poderá sofrer cortes, avisa ministro

Foto

O ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, afirmou nesta terça-feira (8) que eventuais cortes nos programas sociais do governo — como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida — poderão ocorrer caso a arrecadação não aumente nos próximos meses.

Berzoini falou depois de reunião da coordenação política do governo que aconteceu no Palácio do Planalto com a presidente Dilma Rousseff e outros dez ministros.

Ele disse que o governo tem a obrigação de dar curso ao que está contratado em termos de investimentos, mas que ao planejar a manutenção destes investimentos será preciso condicioná-los ao que prevê a estratégia fiscal do governo.

O ministro explicou que o governo fará um esforço com toda a sociedade e o Congresso para buscar alternativas de baixo impacto na inflação, mas que garantam mais dinheiro aos cofres da União. Ele disse que a presidente Dilma não quer fazer imposições e sim dividir a responsabilidade sobre a necessidade de um superávit orçamentário com todos.