Tabeliã nega licença de casamento a gays e é presa por desacato

Foto

Uma tabeliã do Estado americano de Kentucky que se recusou a emitir licenças de casamento para casais homossexuais por questões religiosas foi presa nesta quinta-feira. Kim Davis, tabeliã do condado de Rowan, foi colocada sob custódia por um juiz federal por ter desobedecido uma ordem judicial.

Kim se negou a conceder licenças de casamento a casais do mesmo sexo, desobedecendo à decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos que, em junho, legalizou o casamento gay em todo o país.

Alegando que isso infringiria suas crenças e liberdades religiosas, a tabeliã havia solicitado permissão à Suprema Corte para não emitir as licenças. Embora o pedido tenha sido recusado, Kim manteve sua decisão.

“A Corte não pode tolerar a desobediência deliberada de sua ordem emitida legalmente”, disse o juiz David Bunning. “Se você dá às pessoas a oportunidade de escolher quais ordens elas podem seguir, isso pode causar problemas”.

Cerca de 200 pessoas levaram cartazes para a porta do tribunal. Alguns manifestavam apoio e outros protestavam contra a funcionária pública.

Fonte: Veja.com