Universidade cristã perde certificado após se opor à homossexualidade e tenta recuperá-lo

Foto

Uma universidade cristã do Canadá está apelando de uma decisão judicial que proíbe a sua creditação – avaliação e certificação da qualidade de serviços. A instituição acabou perdendo o certificado após expressar seu posicionamento bíblico a respeito da homossexualidade.

A Universidade ‘Trinity Western’ (‘TWU’)argumentou perante o Tribunal de Recursos de Columbia, nesta semana, que a Associação de Direito da província não deve proibí-la de sua acreditação por causa do posicionamento bíblico da instituição de ensino sobre questões como a homossexualidade.

A ‘TWU’ está sendo representada em parte pela Associação Evangélica do Canadá (CEF) e pelo grupo de Ensino Superior Cristão do Canadá. Isso ocorre porque a universidade é uma afiliada a estes dois grupos, de acordo com o Presidente da CEF, Bruce Clemenger.

Clemenger disse ao ‘Christian Post’ que ele e sua organização “estão muito preocupados com as implicações deste caso para a liberdade religiosa no Canadá”.

“A Associação de Direito não está preocupada com os requisitos acadêmicos. A ‘TWU’ tem uma reputação de excelência escolar e sua faculdade de Direito se propôs a atender às exigências acadêmicas rigorosas da Federação Canadense de Advogados”, disse.

“A objeção deles é que a ‘TWU’ é uma escola cristã e seus estudantes e funcionários devem respeitar a aliança da respeitar da comunidade ‘biblicamente formada’. A questão é sobre as crenças e não sobre habilidades. É a orientação de fé e não a habilitação acadêmica que está sendo contestada”.