Vendedor ambulante é agredido e tem cadeira de rodas quebrada durante assalto

Foto

O vendedor Carlos Roberto Silva Miranda, de 30 anos, ainda se recupera das agressões que sofreu durante um assalto em Ribeirão Preto (SP).

Ele é deficiente físico e os ladrões também danificaram a cadeira de rodas elétrica que utiliza para vender balas no Centro da cidade.

Miranda foi rendido por dois jovens, sendo um deles armado, por volta de 20h30 desta segunda-feira (30), quando abria o portão da casa na Rua Bahia, no Ipiranga.

O vendedor diz que os suspeitos colocaram a arma na cabeça dele e o ameaçavam de morte.

“Eles me colocaram no quarto, me jogaram no chão, pediram a senha do meu celular. Não estava conseguindo desbloquear e começaram a chutar minha cabeça.

Não precisava, porque não estava lembrando. Não precisava me bater porque eu não tinha defesa”, afirma.