Vereador de Eunápolis sofre agressões depois de discussões sobre colocação de faixa no circuito do São João do Bairro do Pequi, em Eunápolis-BA

Foto

Depois de uma discussão sobre a colocação de uma faixa, alusiva aos festejos juninos, no circuito do São João, no bairro do Pequi, na cidade de Eunápolis, culminou com pancadaria e agressões ao vereador Ueliton Morais de Oliveira (PHS), conhecido como Tô do Cavaco, na noite de sábado, 03. 

A briga envolveu dois grupos, de um lado, estavam alguns amigos do vereador e do outro, pessoas ligadas à organização do evento.

Segundo o vereador, tudo começou quando ele tentou colocar uma faixa nas imediações do circuito, próximo ao palco, sendo impedido por algumas pessoas, que Tô preferiu não dar os nomes.

Segundo ele, as agressões acontecerem por questões políticas. “A situação está complicada, e é muito grave. Não sei o que pode acontecer comigo. Já fui à Delegacia de Polícia onde prestei queixa, em seguida fiz exames de corpo delito.

Têm pessoas que se acham donas da Praça. Eu não fui para retirar a faixa do vereador Jorge Máecio.

Eu tenho certeza que houve omissão por parte de algumas pessoas. Eu não entendo as razões de tanta raiva, eu sou legítimo representante do bairro.

Eles bateram no peito, disseram que eu não colocava a faixa, e que eu não entrava, e quem mandava era eles. Estou muito decepcionado com algumas pessoas.

Eu fui espancado por quatro pessoas. Estou cheio de hematomas”, desabafou o vereador.

Ele disse que está muito temeroso de que isso prejudique o nosso grupo político. Tenho imagens comprometedoras. Mas sou uma pessoa da paz. Sei que muito se omitiram!”, finalizou.

Pessoas ligadas ao grupo agressor, disseram que tudo estava tranquilo, e que o problema já foi sanado, e que o fato não passou de uma grande infantilidade. “Não foi Tô do Cavaco, quem provocou a briga. Foi o pessoal dele”, disseram.

Fonte> AGAZETABAHIA