Viagra feminino é aprovado nos Estados Unidos

Foto

O primeiro medicamento para estimular a libido feminina, a flibanserina, foi aprovado hoje pela FDA, a agência reguladora de alimentos e remédios nos Estados Unidos. Essa é primeira vez que as mulheres com baixo interesse sexual têm uma alternativa para tratar o problema. O nome comercial do remédio será Addyi.

De acordo com os documentos oficiais da FDA, as mulheres que usaram o remédio no período de um mês afirmaram ter, em média, 4,4 experiências sexuais satisfatórias. O grupo que tomou placebo relatou uma média de 3,7. O medicamento é destinado para mulheres que ainda não entraram na menopausa.

As propriedades da molécula da flibanserina foram descobertas acidentalmente, durante testes para remédios antidepressivos. Uma situação semelhante havia já ocorrido com o Viagra masculino — a pílula azul fora inicialmente desenvolvida para combater a hipertensão.